Poemas e poesias

 

04
Ago 10
Sentado no banco de jardim As últimas andorinhas regressam a casa O Sol está mais baixo no céu Corre uma brisa fresca pelo ar Olho para o relógio Do outro lado do lago Um casal de namorados troca um beijo Eu espero pela minha vez Os ramos das árvores murmuram com a acção do vento Um esquilo atrevido olha para mim Do alto de uma árvore Quantos namorados já deverá ele ter visto Sentados nos bancos deste jardim À espera dos namorados De repente, entra-me em faca Um odor conhecido Volto-me e vejo-a Conheço o seu perfume Podia não ser ela. Mas era Nada dissemos Ela sorriu As nossas bocas uniram-se O esquilo com a sua refeição seguiu o seu caminho Quem sabe com um grande sorriso Ricardo Franco
publicado por Odracir às 21:40


MusicPlaylistRingtones

Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


arquivos
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.