Poemas e poesias

 

06
Ago 08

 


 

Dos lábios discorrem feitiços, espargem orações.
Crescem-me no peito os dons, a imagem, os olhos
E as mãos em cerimônia anunciam destinos.
O oceano bravio eleva-se em vagas!

Inunda-me a pele erguida em marés num êxtase mágico.
Divido-me em duas: alma e ser flutuante.
Converto-me em magia, inominada, abstrata.
Torno-me cativa dos meus próprios sortilégios...

Flui-me a emoção e a garganta entorpecida silencia.
No fundo insurge encantamentos,
Os deuses içam e com o vento fecundo,
Evoco a tua aparição, sensações longínquas, remotas...

Deságua-me a ilusão dos teus azuis, essências de ti...
Numa dança mágica de sentires sobre o mar do meu coração,
A tua sombra, quimera minha, vagueia lenta e escurece-me o sol dos dias.
No ventre umedecido, deita-me, vagarosamente, a lua, o amor, o astral...

E depois,
desvanece pouco-a-pouco a tua forma.
Perde-se em mim...

 

Claudia Perotti

publicado por Odracir às 23:00

comentário:
Perde-se em mim...

coisas que se sentem..
sentimentos que se esvaem..
Arcana a 7 de Agosto de 2008 às 00:40


MusicPlaylistRingtones

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
23

24
27
28
29
30

31


arquivos
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.